4 passos para ter uma fazenda modelo

03/12/2015 - Produtores Rurais

Um novo conceito em propriedade rural está se expandindo pelo mundo: a fazenda modelo. Esse perfil inovador de produção abusa da tecnologia para aumentar a produtividade na atividade agrícola, mas também amplia os investimentos em recursos humanos e preocupa-se com aspectos relativos à sustentabilidade.

Se você gostou da ideia e quer saber mais sobre o tema, acompanhe a leitura até o final, pois nós vamos explicar mais detalhadamente o que é e o que faz uma fazenda modelo, mostrando alguns exemplos de fazendas que viraram modelo no país. De qualquer forma, é importante ressaltar que não existe uma fórmula pronta, vamos apenas apontar alguns caminhos para que cada propriedade rural defina seus próprios rumos para chegar ao status de fazenda modelo. Acompanhe:

O que é fazenda modelo?

Considera-se como modelo de atividade agrícola uma fazenda que aplique sistemas de organização de excelência. Para chegar a esse nível de reconhecimento, a propriedade rural deve reunir um conjunto de procedimentos que promovam tanto a rentabilidade como a sustentabilidade, preocupando-se também com o capital humano.

Existem alguns programas e certificações que atestam o nível de excelência das boas práticas de produção, como os da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). A instituição estabelece itens obrigatórios e pontos críticos, indicando os passos para a sistematização da propriedade, e orienta o produtor a estabelecer metas e melhorar o que precisa. Para se ter uma ideia quanto ao nível de exigência da Embrapa, apenas 10 produtores rurais conquistaram o certificado desde 2011 até hoje.

Entre essas 10 propriedades está a fazenda de Giocondo Vale, em Machadinho D’Oeste, no estado de Rondônia. Segundo o proprietário, um dos segredos de sucesso é dividir responsabilidades considerando cada funcionário como parceiro capaz de participar das decisões sobre a fazenda, que são feitas em grupo durante reuniões semanais. A propriedade conquistou a certificação logo no primeiro ano e hoje, com 25 anos em produção, reúne mais de 1,5 hectares de terra, com atividades divididas entre lavoura, pecuária e floresta.

Otimização de processos na fazenda

A inovação está cada vez mais presente no campo. Hoje, um produtor rural deve se atualizar constantemente sobre pesquisas agrícolas e maquinário. Ou seja, deve conhecer desde as melhores sementes até o mais moderno equipamento.

Não é à toa que as feiras de agronegócio crescem a cada dia e ganham a atenção do produtor rural. Só assim ele vai conseguir se proteger dos desafios que estão dentro da lavoura, como pragas e intempéries climáticas, e também do lado de fora, no mercado. Grandes proprietários como Walter Horita trabalham com uma gestão moderna e estão bem assessorados nos mercados de commodities. Engenheiro mecânico nascido no Paraná, Horita lançou seus investimentos nas terras do cerrado baiano e hoje é um dos maiores produtores de algodão do Brasil exportando para diversos países um produto com grau de pureza acima dos padrões internacionais.

No campo das inovações tecnológicas, as novidades não param. Um dos destaques é a colheitadeira de cana-de-açúcar, capaz de colher com metade do tempo e combustível que a tradicional. Outra inovação é um microscópio portátil que captura a imagem de uma planta, transfere para um software e em poucos segundos mostra se ela foi afetada por uma doença e qual é, evitando que uma praga se alastre pela lavoura. Já os produtores de gado podem se beneficiar de uma antena que transmite informações sobre o rebanho a até 200 quilômetros ou um chip com radiofrequência colocado no animal, permitindo que o fazendeiro cuide seu gado a distância.

Se você também deseja aplicar uma gestão mais inovadora em sua fazenda, poderá contar com empresas como a aGrow, que fornece software específico para a produtores rurais que buscam melhorar a gestão das propriedades rurais.

Produtividade na fazenda

De acordo com a ONU, estima-se que em 2050 a demanda por alimentos será superior a 70% em relação à atual, sendo que o Brasil deve elevar consideravelmente sua produção e aumentar sua participação no mercado internacional. As unidades que querem aproveitar essa enorme oportunidade devem crescer no mesmo ritmo, investindo em tecnologia e pesquisa de forma maciça.

Além das inovações em equipamentos que já comentamos, as multinacionais também estão investindo no melhoramento genético de sementes e defensivos agrícolas específicos para a produção brasileira, respeitando as particularidades do clima tropical. Alguns exemplos são grãos resistentes a insetos e a cana-de-açúcar resistente à seca. Essa última, desenvolvida pela CTC (Centro de Tecnologia Canavieira), permite que a cultura seja feita em regiões como o cerrado, aumentando a produtividade e, melhor ainda, deixando de criar resistência a um defensivo agrícola ou praga.

Ainda falando sobre produtividade, o senso de oportunidade do produtor é algo que não pode faltar. Voltando ao exemplo de Horita, uma de suas investidas é a Fundação Bahia, que criou junto com outros produtores da região para o desenvolvimento de pesquisas agrícolas e o ajudou a despertar para outro interesse: agora ele quer participar de toda a cadeia produtiva do algodão, por isso planeja montar uma fiação e mais adiante produzir tecidos. Sem dúvidas, iniciativas como essas ampliam a atuação da fazenda e trazem benefícios para a região.

Sustentabilidade e produtor rural

A preservação ambiental e a exploração consciente de recursos naturais são itens obrigatórios em uma fazenda modelo. Existem milhares de maneiras para se aplicar uma gestão gentil com o meio ambiente, mas vamos tomar como inspiração a fazenda em Machadinho D’Oeste. Lá há uma grande preocupação com a preservação ambiental, além da preocupação com os recursos humanos e exploração consciente dos recursos naturais. O produtor optou por renovar a pastagem com técnicas de reaproveitamento de solo, evitando as queimadas — nessa técnica, através da utilização de tratores, é aplicado calcário e adubação. O cuidado com a limpeza e a organização de toda a propriedade é feita através de coleta seletiva. Além disso, é destinada uma área acima da exigida pela fiscalização para o reflorestamento na plantação de castanheira.

Outra propriedade que realiza um trabalho importante para a sociedade é a Fazenda Modelo de Guaratiba (Rio de Janeiro), que abriga o Centro de Proteção Animal, uma instituição que oferece gratuitamente serviços veterinários e promove a adoção de cães, gatos e equinos.

E você, já pensou em transformar sua propriedade rural em uma fazenda modelo? Já aplica esses conceitos em sua propriedade? Deixe seu comentário para contribuir com o nosso debate!

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM

Tecnologia no agronegócio - o que é mito e o que é verdade

15 janeiro, 2018 - Produtores Rurais

Com tanta inovação e tecnologia de ponta, surgem alguns mitos e preocupações na hora de investir e se beneficiar com tanta modernização.

LEIA MAIS

O uso de software para o agronegócio para melhorar a gestão da propriedade rural e aumentar a competitividade

27 julho, 2016 - Produtores Rurais

A competitividade de um pequeno e médio produtor rural depende em grande parte do controle de custos e da produtividade. Neste artigo falaremos da gestão da propriedade rural que é a base para atingir efetividade nestes dois elementos. Não perca!

LEIA MAIS

Safra 2016/2017: como planejar as atividades para diminuir os custos e melhorar os resultados

15 julho, 2016 - Produtores Rurais

Planejamento está diretamente relacionado com redução de custos e economia, no agronegócio existe uma diversidade de parâmetros que devemos levar em conta ao planejarmos uma safra, e no post de hoje listamos os mais importantes. Confira!

LEIA MAIS

FAÇA SUA BUSCA

CONHEÇA NOSSOS EBOOKS

Conteúdo para você entender ainda mais do seu negócio. Clique aqui

MÓDULOS SOFTWARE AGROW

  • MÓDULO
    COMERCIAL

    Gestão de estoque e custos, gerenciamento de compras, vendas e faturamento, operações de entradas e saídas, tabelas de preços, transferências, comissões e/ou serviços com os parceiros (clientes/fornecedores).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FINANCEIRO

    Gerenciamento de despesas e receitas, conciliações, saldos bancários, centros de resultados, naturezas, projetos, controle de cheques, boletos, fluxo de caixa e agenda financeira.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FISCAL

    Cálculo automático dos impostos e tributações de acordo com o produto e a UF de origem/destino, geração do SPED Fiscal, SPED Contribuições, nota fiscal eletrônica e ECF (Emissor de Cupom Fiscal).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    AGRONÔMICO

    Consulta ao compêndio eletrônico de defensivos agrícolas e bulas de produtos formulados, geração do receituário agronômico, ficha de emergência, e histórico com fotos de pragas e doenças.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    RELACIONAMENTO

    Gerenciamento do perfil do cliente, áreas cultivadas, potencial de compra, apontamento das visitas técnicas inclusive com a adição de fotos, Cropbook e Customer Life.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    INTEGRAÇÃO

    Integração com fabricantes como Bayer, Basf, Syngenta e os demais, órgãos reguladores como IMA, Agrodefesa, IDAF e os outros, instituições bancárias, fornecedores (xml nota fiscal eletrônica) e filiais.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    GESTOR

    Domínio sobre todas as operações do sistema, através de auditoria, painéis de decisões estratégicas (dashboards), relatórios dinâmicos e controle das movimentações.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FROTA

    Controle de veículos e máquinas, apontamento de abastecimento e apuração do consumo, acompanhamento das manutenções preventivas e corretivas, além do registro da produtividade por máquinas e atividades.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    PRODUTOR

    Gestão das unidades produtivas, culturas, variedades, lavouras, talhões e roças. Aplicações de defensivos e fertilizantes, produção agrícola, colheita, armazenagem e comercialização.

    CONHEÇA