Como fazer negociações mais assertivas com fornecedores de insumos agrícolas

10/07/2017 - Produtores Rurais

Além de realizar pesquisas dos fornecedores disponíveis no mercado, para obter melhores preços, é importante conquistar parcerias de longo prazo e alto poder de negociação. No segmento do agronegócio, realizar melhores negociações com fornecedores garante uma vantagem muito grande frente à concorrência. Isso porque, dessa forma, fica mais fácil criar uma precificação mais atrativa para os clientes e, além disso, reduzir os custos operacionais, gerando sustentabilidade ao negócio.

Para tornar essas ações possíveis de serem realizadas, o produtor deve adotar algumas medidas estratégicas, se posicionar perante seus fornecedores corretamente e lançar mão de ferramentas úteis, tais como um software específico para agronegócio. Em conjunto, essas ações garantem etapas mais assertivas de negociação. Pensando nisso, separamos três dicas muito importantes para auxiliar em seu processo de negociação com fornecedores e no relacionamento com as revendas de insumos agrícolas. Acompanhe!

#1 Realize um planejamento adequado

A maioria das revendas de insumos agrícolas possui um ciclo operacional bem único, ponto este que merece a atenção dos produtores rurais. Pensando nesse fator, é importante realizar um planejamento adequado para tratar com esse perfil de fornecedores, levando em consideração principalmente quais serão os períodos da próxima safra para que você possa se preparar adequadamente tanto do ponto de vista administrativo quanto financeiro.

Os ciclos de safra podem influenciar diretamente no preço dos insumos na revenda. Portanto, é importante estar atento às projeções de safra para que você esteja preparado para realizar as primeiras pesquisas e buscas de informações em todo o mercado, gerando dados concretos que podem ser utilizados no momento da negociação. Para ter mais competência para levar a negociação adiante, defina anteriormente quais são os seus principais objetivos nessa conversa, sabendo o que é prioridade. Alguns produtores consideram mais importante atingir um melhor preço, outros garantir um relacionamento de longa data com o fornecedor.

#2 Faça uso das técnicas tradicionais de negociação

Aqui, novamente, é importante saber qual o foco da negociação, para fazer o uso de técnicas que estejam em sintonia com as suas prioridades. No caso de se procurar uma negociação que resulte em melhores preços mas relacionamento de curto prazo, a barganha agressiva de propostas é uma técnica recomendável, pois com ela a parte procura por um maior número de concessões.

Por outro lado, se o foco é manter o relacionamento a longo prazo, o uso da técnica de solução de problemas é a mais eficaz. Nesse modelo ouve-se todos os problemas, sugestões e dúvidas para uma coleta maior de informações que geram propostas para uma negociação mais flexível, na qual ambas as partes se favoreçam com o relacionamento.

#3 Utilize a tecnologia a seu favor

Uma negociação de sucesso é aquela em que ambas as partes se sentem beneficiadas e gera-se a partir daí um relacionamento frutífero. Para administrar essa relação entre fornecedor e cliente é muito importante fazer uso de uma ferramenta que auxilie nesse processo, como um software específico para o agronegócio. Essa ferramenta fornece informações precisas para que a tomada de decisão seja eficiente, além de gerar um histórico de dados ricos do que foi tratado entre as partes durante todo a relação de negócios, gerando facilidade de comunicação e aproximação entre produtores e fornecedores de insumos agrícolas.

Essas dicas vão auxiliar no seu processo de negociação com fornecedores de maneira a tornar essa relação mais sólida e longínqua. Você tem outras dicas para compartilhar conosco? Escreva pra gente!

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM

Produtor rural, você está atendendo a NR 31 (EPIs) em sua fazenda?

29 agosto, 2016 - Produtores Rurais

A NR31 determina que o empregador é obrigado a fornecer, orientar e treinar o empregado rural para o uso do EPI, além de monitorar a utilização adequada do equipamento visando prevenir riscos à saúde e à segurança do empregado. Leia mais e atenda a norma!

LEIA MAIS

O uso de software para o agronegócio para melhorar a gestão da propriedade rural e aumentar a competitividade

27 julho, 2016 - Produtores Rurais

A competitividade de um pequeno e médio produtor rural depende em grande parte do controle de custos e da produtividade. Neste artigo falaremos da gestão da propriedade rural que é a base para atingir efetividade nestes dois elementos. Não perca!

LEIA MAIS

6 dicas de gestão de trabalhadores agrícolas para implantar em sua fazenda

23 agosto, 2015 - Produtores Rurais

Para te ajudar nessa empreitada, preparamos algumas dicas de gestão de trabalhadores agrícolas para implantar em sua fazenda. Confira:

LEIA MAIS

FAÇA SUA BUSCA

CONHEÇA NOSSOS EBOOKS

Conteúdo para você entender ainda mais do seu negócio. Clique aqui

MÓDULOS SOFTWARE AGROW

  • MÓDULO
    COMERCIAL

    Gestão de estoque e custos, gerenciamento de compras, vendas e faturamento, operações de entradas e saídas, tabelas de preços, transferências, comissões e/ou serviços com os parceiros (clientes/fornecedores).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FINANCEIRO

    Gerenciamento de despesas e receitas, conciliações, saldos bancários, centros de resultados, naturezas, projetos, controle de cheques, boletos, fluxo de caixa e agenda financeira.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FISCAL

    Cálculo automático dos impostos e tributações de acordo com o produto e a UF de origem/destino, geração do SPED Fiscal, SPED Contribuições, nota fiscal eletrônica e ECF (Emissor de Cupom Fiscal).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    AGRONÔMICO

    Consulta ao compêndio eletrônico de defensivos agrícolas e bulas de produtos formulados, geração do receituário agronômico, ficha de emergência, e histórico com fotos de pragas e doenças.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    RELACIONAMENTO

    Gerenciamento do perfil do cliente, áreas cultivadas, potencial de compra, apontamento das visitas técnicas inclusive com a adição de fotos, Cropbook e Customer Life.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    INTEGRAÇÃO

    Integração com fabricantes como Bayer, Basf, Syngenta e os demais, órgãos reguladores como IMA, Agrodefesa, IDAF e os outros, instituições bancárias, fornecedores (xml nota fiscal eletrônica) e filiais.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    GESTOR

    Domínio sobre todas as operações do sistema, através de auditoria, painéis de decisões estratégicas (dashboards), relatórios dinâmicos e controle das movimentações.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FROTA

    Controle de veículos e máquinas, apontamento de abastecimento e apuração do consumo, acompanhamento das manutenções preventivas e corretivas, além do registro da produtividade por máquinas e atividades.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    PRODUTOR

    Gestão das unidades produtivas, culturas, variedades, lavouras, talhões e roças. Aplicações de defensivos e fertilizantes, produção agrícola, colheita, armazenagem e comercialização.

    CONHEÇA