Reciclagem na agricultura: redução de custos e compromisso com o meio ambiente

28/04/2017 - Produtores Rurais

Os resíduos sólidos e efluentes líquidos tanto urbanos quanto rurais são um dos maiores problemas ambientais. Os números são alarmantes e os problemas aparecem de todos os tipos de resíduos, por isso é fundamental adotar métodos de reciclagem de resíduos na agricultura. No setor agropecuário, já há uma série de estudos para melhoria de reutilização ou recolhimento de resíduos. Bons exemplos são o bagaço de cana-de-açúcar pós-moagem e vinhoto, que podem agregar valor nas usinas de açúcar e álcool; as embalagens de agrotóxicos, que geram um programa de recolhimento em âmbito nacional para descarte adequado; e os efluentes gerados na produção de suínos, que estão sendo amplamente avaliados para tratamento adequado.

O tema sustentabilidade vem ganhando força e a sociedade percebe uma necessidade de potencializar iniciativas para responsabilização e compromisso com o meio ambiente. Que tal você também fazer parte disso e adotar práticas de redução e reutilização de resíduos em sua propriedade?

Conheça os resíduos rurais e agrícolas

Os resíduos rurais compreendem todos os tipos de resíduos que são gerados pelas atividades produtivas em zonas rurais, sendo resíduos agrícolas, pecuários ou florestais, como aqueles citados no início deste texto. Os resíduos agrícolas são aqueles gerados no campo como resultado das atividades de colheita dos produtos agrícolas, como as cascas, palhas, raízes, colmo, caroços, etc.

A maioria desses resíduos é deixada no terreno de cultivo, servindo de proteção ao solo ou como uma espécie de "adubo". Porém, realizando um processamento simples, como a compostagem, os elementos nutritivos desses resíduos agrícolas seriam altamente aproveitados. Além disso, ao deixar palhas secas espalhadas pela propriedade, há risco de incêndios.

Saiba como adotar a reciclagem na agricultura

Existem vários meios de reaproveitamento de resíduos que você pode utilizar em sua propriedade. Separamos dois métodos interessantes: a compostagem, que auxilia no aproveitamento dos nutrientes das sobras para a melhoria do solo para produção; e o uso da casca de arroz em argamassas (e outras aplicações), racionalizando recursos e reduzindo custos na construção de instalações. Confira:

Compostagem

A compostagem é um processo biológico que visa transformar a matéria orgânica em substâncias húmicas estabilizadas, que diferem do material de origem em características e propriedades. A fermentação das matérias-primas pode ser aeróbia ou anaeróbia; tudo depende do controle de umidade, aeração, temperatura e demais fatores. A aplicação do adubo gerado pela compostagem favorece as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo, garantindo melhoria da qualidade da produção.

Uso da casca de arroz

Há estudos sobre como a casca de arroz pode ser usada em argamassas e materiais de construção para melhoria das características físico-químicas destes materiais. Esse resíduo geralmente é descartado, e ele representa 20% do peso dos resíduos no processo industrial do arroz. O uso nas construções rurais ou urbanas reduz custos nos processos, devido à racionalização dos recursos disponíveis. Além dessa utilização, tanto a casca do arroz quanto as suas cinzas podem ser utilizadas como substrato na germinação de sementes, substrato de cama de aviário e formação de mudas, pois não possuem compostos tóxicos.

Além das sugestões aqui elencadas, muitas outras, respeitando as características de seu agronegócio, podem ser implementadas para contribuir na redução da emissão de poluentes e que em muitos casos por si só, convergem em economia ou até mesmo, resultado financeiro.

A gestão de resíduos agrícolas é fundamental para a garantia de uma produção sustentável e o compromisso com o meio ambiente. Quais destinos têm os resíduos em sua propriedade? Compartilhe conosco suas dúvidas e experiências!

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM

6 cuidados especiais no uso de agrotóxicos

07 maio, 2015 - Produtores Rurais

A aplicação de agrotóxicos é uma das etapas mais sensíveis de qualquer cultura. Para evitar o descontrole no uso e garantir que o agente seja corretamente aplicado, confira estes cuidados especiais que toda cultura deve ter.

LEIA MAIS

Saiba qual a importância do cálculo do custo operacional de máquinas e implementos agrícolas

19 agosto, 2016 - Produtores Rurais

No meio rural, o controle do custo operacional de máquinas e implementos agrícolas não é uma prática comum. Neste post, vamos tratar sobre a importância desse cálculo e o que o produtor deve considerar na hora de mensurar seu custo operacional. Vamos lá!

LEIA MAIS

Como investir em tecnologia para gestão de fazendas

16 outubro, 2017 - Produtores Rurais

O uso da tecnologia na gestão dos processos permite concentrar as informações de sua fazenda e atividades em um único local aplicando padrões e garantindo conformidade e rastreabilidade que se traduzem em economia de tempo e recursos e melhores apurações.

LEIA MAIS

FAÇA SUA BUSCA

CONHEÇA NOSSOS EBOOKS

Conteúdo para você entender ainda mais do seu negócio. Clique aqui

MÓDULOS SOFTWARE AGROW

  • MÓDULO
    COMERCIAL

    Gestão de estoque e custos, gerenciamento de compras, vendas e faturamento, operações de entradas e saídas, tabelas de preços, transferências, comissões e/ou serviços com os parceiros (clientes/fornecedores).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FINANCEIRO

    Gerenciamento de despesas e receitas, conciliações, saldos bancários, centros de resultados, naturezas, projetos, controle de cheques, boletos, fluxo de caixa e agenda financeira.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FISCAL

    Cálculo automático dos impostos e tributações de acordo com o produto e a UF de origem/destino, geração do SPED Fiscal, SPED Contribuições, nota fiscal eletrônica e ECF (Emissor de Cupom Fiscal).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    AGRONÔMICO

    Consulta ao compêndio eletrônico de defensivos agrícolas e bulas de produtos formulados, geração do receituário agronômico, ficha de emergência, e histórico com fotos de pragas e doenças.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    RELACIONAMENTO

    Gerenciamento do perfil do cliente, áreas cultivadas, potencial de compra, apontamento das visitas técnicas inclusive com a adição de fotos, Cropbook e Customer Life.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    INTEGRAÇÃO

    Integração com fabricantes como Bayer, Basf, Syngenta e os demais, órgãos reguladores como IMA, Agrodefesa, IDAF e os outros, instituições bancárias, fornecedores (xml nota fiscal eletrônica) e filiais.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    GESTOR

    Domínio sobre todas as operações do sistema, através de auditoria, painéis de decisões estratégicas (dashboards), relatórios dinâmicos e controle das movimentações.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FROTA

    Controle de veículos e máquinas, apontamento de abastecimento e apuração do consumo, acompanhamento das manutenções preventivas e corretivas, além do registro da produtividade por máquinas e atividades.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    PRODUTOR

    Gestão das unidades produtivas, culturas, variedades, lavouras, talhões e roças. Aplicações de defensivos e fertilizantes, produção agrícola, colheita, armazenagem e comercialização.

    CONHEÇA