Determinantes na venda de fertilizantes

17/10/2016 - Revendas

A agropecuária brasileira é o pilar da economia do País, sustentando o nosso PIB. Para que o agronegócio acompanhe o crescimento mundial, é necessário implementação em produção. Isso pode ocorrer de duas formas: com o uso de novas áreas, como as áreas de pasto degradado; e o aumento em produtividade, que ocorre pela otimização do manejo. Dentre os fatores de aumento de produtividade, está o uso adequado de insumos agrícolas, como os fertilizantes.

O mercado de fertilizantes possui três tipos de origens mais consumidos. São os fertilizantes nitrogenados, fosfatados e potássicos. Juntos, eles formam o composto nitrogênio-fósforo-potássio (NPK). Vale destacar que o Brasil é um grande importador de matéria-prima para produção de fertilizantes, porque a produção de adubos nitrogenados (amônia anidra) depende muito do gás natural e petróleo, do qual ainda não somos auto-suficientes. Quanto aos fertilizantes fosfatados, dos quais os solos brasileiros são deficientes, estes são importados de países como Marrocos, Rússia e China.

Fertilização: saída para alavancar a produção

A produção agrícola depende de uma série de fatores limitantes, entre eles os que podem e os que não podem ser controlados pelo homem. A fertilização é um dos fatores que podem alavancar a produção e são dependentes da vontade humana.

Determinantes do mercado de fertilizantes

1 - Dólar

Por serem na maior parte importados, os fertilizantes são muito dependentes do câmbio internacional, principalmente o dólar, que dita grande parte das regras de mercado.

2 - Época do ano

Além disso, é importante lembrar que a sazonalidade da produção faz com que o momento do início das chuvas seja o início da maioria dos plantios, coincidindo também com o momento da compra dos insumos. Por isso, o segundo semestre normalmente apresenta preços mais altos do que no primeiro semestre. Então, os estoques devem ser feitos na contra-mão da demanda e respeitando as regras de boa armazenagem para a manutenção da qualidade. Ainda há um fator cultural, que é a escolha pelo recebimento dos créditos agrícolas no segundo semestre, que faz com que haja um aumento significativo na demanda por insumos.

3 - Economia internacional

Os fatores da economia internacional que podem afetar o preço dos fertilizantes são o preço do petróleo (que encarece o frete), barreiras protecionistas dos países exportadores de fertilizantes e o aumento do consumo por países em desenvolvimento.

4 - Economia interna

Do ponto de vista da economia interna, o que determina a venda de fertilizantes é o tamanho da área plantada para determinada cultura (por exemplo, a área plantada de soja vai determinar a venda de insumos para soja), o preço com que o insumo vai chegar ao Brasil, a produtividade esperada da cultura e o preço do produto agrícola final. A produtividade esperada da cultura vai determinar a quantidade de fertilizantes usados e, muito provavelmente, não se restringirá somente ao NPK. E quanto mais elevado o preço do produto final, maiores poderão ser os investimentos em insumos. Afinal, todos esses fatores estão interligados e são determinantes para o sucesso da produção agrícola do país.

Você já conhecia os determinantes que afetam o mercado de fertilizantes? Deixe aqui o seu comentário.

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM

Como melhorar o relacionamento com os clientes de sua revenda em 5 passos

07 abril, 2017 - Revendas

Quer saber algumas dicas para fortalecer o relacionamento entre os produtores rurais e sua loja?

LEIA MAIS

Saiba como melhorar o processo de compra da sua revenda

13 maio, 2015 - Revendas

Confira informações sobre a melhoria do processo de compra da revenda agrícola e conhecer lições fundamentais sobre esse aspecto.

LEIA MAIS

A importância do “dia de campo” para alavancar seu negócio

11 maio, 2015 - Revendas

Confira alguns pontos importantes que servirão de orientação para planejamento e execução do "dia de campo" .

LEIA MAIS

FAÇA SUA BUSCA

CONHEÇA NOSSOS EBOOKS

Conteúdo para você entender ainda mais do seu negócio. Clique aqui

MÓDULOS SOFTWARE AGROW

  • MÓDULO
    COMERCIAL

    Gestão de estoque e custos, gerenciamento de compras, vendas e faturamento, operações de entradas e saídas, tabelas de preços, transferências, comissões e/ou serviços com os parceiros (clientes/fornecedores).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FINANCEIRO

    Gerenciamento de despesas e receitas, conciliações, saldos bancários, centros de resultados, naturezas, projetos, controle de cheques, boletos, fluxo de caixa e agenda financeira.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FISCAL

    Cálculo automático dos impostos e tributações de acordo com o produto e a UF de origem/destino, geração do SPED Fiscal, SPED Contribuições, nota fiscal eletrônica e ECF (Emissor de Cupom Fiscal).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    AGRONÔMICO

    Consulta ao compêndio eletrônico de defensivos agrícolas e bulas de produtos formulados, geração do receituário agronômico, ficha de emergência, e histórico com fotos de pragas e doenças.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    RELACIONAMENTO

    Gerenciamento do perfil do cliente, áreas cultivadas, potencial de compra, apontamento das visitas técnicas inclusive com a adição de fotos, Cropbook e Customer Life.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    INTEGRAÇÃO

    Integração com fabricantes como Bayer, Basf, Syngenta e os demais, órgãos reguladores como IMA, Agrodefesa, IDAF e os outros, instituições bancárias, fornecedores (xml nota fiscal eletrônica) e filiais.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    GESTOR

    Domínio sobre todas as operações do sistema, através de auditoria, painéis de decisões estratégicas (dashboards), relatórios dinâmicos e controle das movimentações.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FROTA

    Controle de veículos e máquinas, apontamento de abastecimento e apuração do consumo, acompanhamento das manutenções preventivas e corretivas, além do registro da produtividade por máquinas e atividades.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    PRODUTOR

    Gestão das unidades produtivas, culturas, variedades, lavouras, talhões e roças. Aplicações de defensivos e fertilizantes, produção agrícola, colheita, armazenagem e comercialização.

    CONHEÇA