Gestão não integrada: fuja de uma das principais ameaças à sua revenda agrícola

29/04/2016 - Revendas

O agronegócio é um dos esteios da economia brasileira por contribuir de forma decisiva para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) e, em especial, para os bons resultados da balança comercial que, em última análise, responde pelo posicionamento da nosso país diante das economias internacionais.

É natural, portanto, que a indústria de software se dedique a desenvolver para essa área da economia sistemas de gestão à altura do seu desempenho. As revendas agrícolas, bem como os produtores rurais, estão entre os grandes beneficiários de soluções de software específicas para o agronegócio, os softwares de gestão integrada (ERP).

Inicialmente, a área utilizava softwares dispersos, que iam sendo implementados nas revendas agrícolas conforme as necessidades se apresentavam, sem qualquer coesão entre eles. Alguns funcionários tinham o conhecimento de um ou dois, enquanto outros membros da equipe se especializavam em trabalhar com outros.

Ocorria que todos ignoravam o que os demais estavam fazendo, ou seja, as informações não eram canalizadas para lugar algum e perdiam-se nos processos. Em muitos casos, inclusive, essas soluções tinham sido desenvolvidas originalmente para empresas de outras áreas econômicas, como varejo e serviços em geral. Nem eram específicas para o agronegócio.

Gestão avançada para sobreviver

A primeira década dos anos 2000, entretanto, quando sobreveio a grande crise financeira internacional, iniciada nos Estados Unidos, gerou em todos os países atingidos em cascata a enorme necessidade de as empresas aperfeiçoarem seus sistemas de gestão para poderem sobreviver em um cenário de crise mundial. Em nosso caso, sabemos que o agronegócio brasileiro é fortemente influenciado pelas oscilações internacionais, uma vez que nossas commodities são negociadas diariamente em bolsas como as de Chicago.

Não bastassem as dificuldades internacionais e a insegurança diante do dólar, sobrevieram os problemas econômicos internos. Primeiro, a insistência em afirmar que o Brasil estava “apenas diante de uma marolinha”, ou seja, a crise não nos atingiria. Depois, uma gestão de políticas públicas equivocada do ponto de vista econômico e, de novo, a insistência em sua continuidade. Hoje estamos onde estamos, diante de perspectivas de crescimento zero.

Voltando às revendas agrícolas brasileiras, infelizmente muitas delas ainda não se deram conta de que precisam gerir com eficiência caso queiram sobreviver. Elas não podem se atolar em retrabalhos internos e, principalmente, perder a qualidade de informações que estão sendo processadas, mas que não geram inteligência para o negócio.

O mesmo sistema que registra as faturas a serem descontadas deve mostrar, por exemplo, quem é o produtor agrícola cliente que está sendo cobrado, qual é a evolução do relacionamento entre ele e a revenda agrícola, etc... Isso significa que módulos comerciais e de relacionamento devem andar juntos, para que cobranças impertinentes, por exemplo, não gerem estresse desnecessário em clientes que a revenda deseja cultivar.

Sistemas ERP para o agronegócio

Somente um software de gestão integrado (ERP), específico para o agronegócio, é capaz de tratar simultaneamente de vendas, emissão de nota fiscal eletrônica, receituário agronômico e livros de resultados de safra, integração com principais fornecedores entre tantos outros aspectos que apenas são de interesse de quem trabalha na área, seja em produção, seja em revendas agrícolas. Sem o ERP, fica praticamente impossível gerenciar um empreendimento do agronegócio, especialmente no atual momento que o Brasil atravessa.

O aGrow é um software de gestão integrado (ERP) desenvolvido especificamente para o agronegócio. Ele usa tecnologia inteligente, que permite o gerenciamento de todos os processos da revenda de insumos agrícolas – do controle de estoque até o relacionamento com os clientes –, além de atuar no planejamento, na execução e na avaliação dos resultados.

Você que responde pela área administrativa de sua revenda, com certeza, vai querer evitar um dos principais motivos de fracasso de uma revenda agrícola, ou seja, a má gestão resultante do uso de softwares inadequados para o agronegócio. Você precisa estar capacitado para planejar e se precaver contra as ameaças que possam desestabilizar sua revenda, não é mesmo? Pois a saída é apenas uma: aprimorar sua gestão integrando todas as áreas.

Tome decisões com agilidade e segurança e aumente a margem de lucro de sua revenda. Conheça a solução ideal para o seu agronegócio.

COMPARTILHE

DEIXE SEU COMENTÁRIO

VEJA TAMBÉM

Você sabe como fidelizar os clientes da sua revenda agrícola

07 fevereiro, 2020 - Revendas

Conquistar novos clientes é muito mais caro e oneroso do que manter um cliente atual. Esta verdade é difundida aos quatro ventos, mas ainda é um mistério para muitos empresários. Pensando nisso criamos este artigo com algumas dicas úteis. Acompanhe.

LEIA MAIS

Dicas para controlar contas a receber nas revendas agrícolas

20 setembro, 2015 - Revendas

Para que uma revenda de insumos agrícolas possa ter uma política financeira adequada, ou seja, equilíbrio entre as entradas e saídas de dinheiro, inicialmente é necessário que o responsável por sua gestão compreenda alguns conceitos.

LEIA MAIS

As vantagens do uso da mobilidade no agronegócio

17 junho, 2016 - Revendas

Consultar um diagnóstico, indicar um produto, verificar o estoque, tirar o pedido, imprimir este pedido na própria fazenda e o produtor assinar, tudo na hora, no campo! Não é fantástico?

LEIA MAIS

FAÇA SUA BUSCA

CONHEÇA NOSSOS EBOOKS

Conteúdo para você entender ainda mais do seu negócio. Clique aqui

MÓDULOS SOFTWARE AGROW

  • MÓDULO
    COMERCIAL

    Gestão de estoque e custos, gerenciamento de compras, vendas e faturamento, operações de entradas e saídas, tabelas de preços, transferências, comissões e/ou serviços com os parceiros (clientes/fornecedores).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FINANCEIRO

    Gerenciamento de despesas e receitas, conciliações, saldos bancários, centros de resultados, naturezas, projetos, controle de cheques, boletos, fluxo de caixa e agenda financeira.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FISCAL

    Cálculo automático dos impostos e tributações de acordo com o produto e a UF de origem/destino, geração do SPED Fiscal, SPED Contribuições, nota fiscal eletrônica e ECF (Emissor de Cupom Fiscal).

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    AGRONÔMICO

    Consulta ao compêndio eletrônico de defensivos agrícolas e bulas de produtos formulados, geração do receituário agronômico, ficha de emergência, e histórico com fotos de pragas e doenças.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    RELACIONAMENTO

    Gerenciamento do perfil do cliente, áreas cultivadas, potencial de compra, apontamento das visitas técnicas inclusive com a adição de fotos, Cropbook e Customer Life.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    INTEGRAÇÃO

    Integração com fabricantes como Bayer, Basf, Syngenta e os demais, órgãos reguladores como IMA, Agrodefesa, IDAF e os outros, instituições bancárias, fornecedores (xml nota fiscal eletrônica) e filiais.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    GESTOR

    Domínio sobre todas as operações do sistema, através de auditoria, painéis de decisões estratégicas (dashboards), relatórios dinâmicos e controle das movimentações.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    FROTA

    Controle de veículos e máquinas, apontamento de abastecimento e apuração do consumo, acompanhamento das manutenções preventivas e corretivas, além do registro da produtividade por máquinas e atividades.

    CONHEÇA
  • MÓDULO
    PRODUTOR

    Gestão das unidades produtivas, culturas, variedades, lavouras, talhões e roças. Aplicações de defensivos e fertilizantes, produção agrícola, colheita, armazenagem e comercialização.

    CONHEÇA